quarta-feira, 7 de maio de 2014

Too Much Information XV - Mais uma rodada...


1. Tens uma bebida alcoólica preferida?
Malibu, Safari e Rum com cola. Eu e uma colega bebíamos sempre Malibu para começar a noite.

2. Qual o teu tipo de vinho preferido (tinto/branco, Alentejo/Douro,touriga/aragonês...)?
Vinho verde ou Vinho branco doce, tintos só se não for muito forte.

3. Qual a tua cerveja preferida?
Magnres conta?

4. Consegues perceber as diferenças entre whiskies (ou vodkas, ou Coca-Cola vs Pepsi...)?
Yap, trabalho na hotelaria. As vodkas, dão cabo de mi....por isso não lhes toco.

5. Bebidas de marca (mais caras) ou bebidas da casa (mais baratas)?
Para se beber tem que ser com qualidade!

6. Verão, Sol e esplanada rimam com que bebida?
Cerveja e tremoços! Os tremoços podem entrar?

7. Shots ou bebida a copo?
Bebida a copo

8. Qual foi a tua experiência relacionada com álcool mais memorável (boa, má, embaraçosa...)?
Tenho duas situações:

A primeira foi em Espanha - Madrid. Na altura, a tirar o curso de empregado mesa/bar, os "profs" organizaram uma viagem ao FITUR de 3 dias. Esta viagem servia tb como fosse uma viagem de finalistas mas mais curta e organizado pela escola.

Como era num fim-de-semana, os bares estavam todo abertos, e fomos aproveitar quem podia(idade). Depois de uma noite de muitos copos, teríamos que andar a pé até ao hotel, pois bem ai tava o problema. Tava bastante bem regado e comecei a correr pelas ruas(tal era a bebedeira), até que foi para uma praça e quase cai para dentro de um lago. Mas aproveitei quase ter caído, para beber água do lago. Já no hotel, tal foi a força que fiz na porta do quarto que abriu-se sem cartão.

A segunda já tinha namorado. Pois bem, dancei até cair de cu, fiz-me a um amigo dele (quase o beijei), dancei em cima do meu namorado (2 rapazes e uma rapariga que lá estavam ficaram escandalizados ao verem, mas aproveitei e ainda fiz pior) e um das minha colegas quase ficou toda nua. 

BÓNUS
Alguma vez fizeste alguma coisa que te arrependas por estares com os copos?
Não, só me arrependo do que não faço.